21 de abril de 2010

23

Inversao de Valores – até onde iremos?

Pedofilia hoje é crime e amplamente repugnante aos olhos da sociedade, porém, será que poderemos repetir essas palavras daqui uma década?

A essa altura muitos dos leitores estarão dizendo que é um absurdo e um total exagero. Mas NÃO É!Inversao de valores

Meus caros leitores mais velhos (e por mais velhos, entenda-se aqueles que tem mais de 20 anos) concordarão que houve e está havendo inúmeras mudanças conceituais. O que era certo outrora, hoje em dia é errado, e o que era errado está sendo tido por certo. Como diria a galera do twitter “#fato”.

Ainda não entendeu? Ok, a gente exemplifica...

Homossexualismo

Há pouco mais de um década atrás as pessoas, principalmente as religiosas (qualquer que fosse a religião, que professasse ser cristã), condenavam totalmente tal prática, visto que as crenças dessas religiões “cristãs” baseiam-se no seu livro sagrado, a Bíblia, que condena a prática do homossexualismo. O que dizer de nossos dias, uma década depois? Ora, aqueles que não apóiam tal prática tem sido tidos como preconceituosos. De fato, as próprias emissoras de televisão e formadoras de opinião tem colocado a esses praticantes como “exemplos” a serem seguidos.

“Temos de respeitar a escolha de cada um” virou slogan presente e frequente na boca de brasileiros e estrangeiros. E com isso aumenta-se a cada dia o número de adeptos a prática do homossexualismo. A cada “passeata” o número de simpatizantes aumenta. Simpatizantes esses que depois de uma, duas ou três passeatas, muitas vezes passam a estar lá como praticantes.

Quer uma prova viva desse grande aumento? Pergunte a seu avô (ó) quantos homossexuais ele conheceu na juventude dele e como eram considerados? Depois compare com quantos você conhece hoje.

É importante respeitar as pessoas e sua individualidade, nunca deve haver motivos para agressão física. Porém respeitar não significa apoiar, tampouco incentivar. Qual o real motivo desse aumento em tal prática? Apoio é a resposta vital. Anteriormente quem adotava tal postura não recebia apoio, antes censura por parte de familiares e amigos. O que não ocorre hoje. Outro fator preponderante é o fato das famílias desfeitas. Como não há a presença de uma figura masculina na criação de filhos, aumenta-se e muito a probabilidade de crianças desenvolverem uma tendência ao homossexualismo. Aliás esse é um excelente tema para o segundo subtópico que iremos abordar.

Famílias Desfeitas vs Casamento

Uma família sem a figura paterna ocasiona muitos problemas. Isso já havia sido demonstrado por Freud. Porém o que realmente chama a atenção quanto ao casamento é a forma como ele tem sido encarado. Cada vez menos pessoas interessam-se em casar de fato. A maioria prefere “amigar-se”. E o motivo disso é que desde que começam a “ficar” já planejam como será quando acabar. Isso por que as pessoas a cada dia confiam menos umas nas outras. E não discordo de ninguém que tenha esse modo de pensar, pois há motivos mais que válidos para isso. Considere que antes bastava uma palavra para empresários fecharem negócios. A palavra era a maior garantia que se podia dar, valendo mais do que papel. Isso por que manchar a sua honra ou reputação era tido como repugnante e mostrava um total desvalor do caráter da pessoa que descumpriu com sua palavra. Hoje, mesmo com documentos legalizados, os negociantes esquivam-se de suas dívidas através das chamadas “brechas da lei”.

Casar está tornando-se obsoleto. Creio que muitos de nossos descendentes não saberão explicar o real significado dessa palavra, uma vez que casar-se é algo que torna-se escasso progressiva e agressivamente. Atribuo a falta de casamentos a falta de caráter das pessoas. As mulheres não querem casar-se pois tem medo de serem traídas e com isso não terem a tão desejada segurança que o casamento deveria propiciar. Os homens não querem o compromisso de casar-se pois temem o divórcio e todas as dificuldades advindas dele. Divórcio este que será certo quando sua companheira descobrir os casos extra conjugais tão comuns.

Drogas

Usar drogas era coisa de delinquentes e/ou infratores da lei. Era, por que a cada dia mais pessoas “comuns” estão fazendo uso de entorpecentes. Quantos maconheiros você conhece? Quantos fumam próximo de sua casa e vizinhança? Estes que outrora eram vistos como propensos a criminalidade, agora são “cidadãos que merecem ser respeitados”. Quem fez isso? VOCÊ.

Sim, você que não faz nada para mudar essa situação. Você que apóia essas mudanças. Você que inverte os valores de moral da sociedade. Então, não se admire se um dia seu filho (a) disser que é homossexual. Não se admire se um dia você for assaltado por um “amigo” (a) está precisando de uns trocados para o próximo baseado. Não se admire se for vítima de infidelidade conjugal. Foi VOCÊ que fez isso! Então conforme-se ou então, se discorda, deixe seu comentário bobo e repulsivo me chamando de antiquado. Mas antes de deixar comentários depreciativos, não esqueça de comprar uma saia para seu filhinho e/ou pagar um investigador para tirar fotos do Ricardão. C’est la vie...

Seja VIP, receba as novidades no seu email, clique no ícone...
Início

23 comentários:

Anônimo disse...

Não só concordo como apóio o texto, respeitar não tem MESMO o mesmo significado de apoiar. Está tudo invertido mesmo, falo isso como filho, marido e pai, luto todo dia para que nenhum desses fatos façam parte um dia da minha vida....

Moacir Junior disse...

Não só concordo como apóio o texto, respeitar não tem MESMO o mesmo significado de apoiar. Está tudo invertido mesmo, falo isso como filho, marido e pai, luto todo dia para que nenhum desses fatos façam parte um dia da minha vida....

Botoja disse...

É isso aí! Polêmico! Muito bom!

Thiago Hataishi disse...

Até concordo que os valores vem se invertendo ao longo dos anos.
Coisas que era ridículas passam a ser "da moda" (apesar de não deixarem de ser ridículas), e muita coisa é tolerada e apoiada.
Mas também tem muita coisa que na verdade são direitos conquistados.
Também é graças à essa evolução e ao reconhecimento de verdadeiros valores, que a escravidão foi abolida, por exemplo.
Mas daí a falar que no futuro a pedofilia será normal, é exagerar um pouco.
Estupro não é normal até hoje.

Anônimo disse...

"Mas antes de deixar comentários depreciativos, não esqueça de comprar uma saia para seu filhinho e/ou pagar um investigador para tirar fotos do Ricardão".

não vou deixar comentarios depreciativos mas.... ser do jeito q é vc acha realmente q seu filho não usará (ou usa) sai? acha mesmo q ser assim jamais será (ou já é)traido?

ser conservador é uma coisa, inocente a decima potencia é outra.

Anônimo disse...

Muitos pais conservadores e moralistas tiveram filhos gays e foram cornos!
Aliás na sua época haviam tantos gays como existem hoje, homens e mulheres infiéis idem , a única coisa que concordo é que os casamentos eram mesmo até que a morte os separe! Mesmo infelizes, uma hipocresia!

Anônimo disse...

Os valores de uma sociedade devem, por natureza, evoluírem para um comportamento tolerante. A in~formação dos veículos de mídia, bem como o modismo não usurpa o livre arbítrio de cada pessoa. Ainda todos podemos escolher a postura e a conduta que queremos adotar. Dizer que a religião, o moralismo ou qualquer alçada da sociedade inibe homossexualismo, adultério e drogas é hipocrisia demais. No tempo dos meus avós existiam tantos gays como á 2000 mil anos atrás. A diferença,é que naquela época eles provavelmene seriam mortos se dissessem.

A tolerancia causa tanto disconforto assim?

Anônimo disse...

Aposto que teus avós, bisavos, diriam a mesma coisa que tu disse sobre a homossexualidade sobre o casamento multiracial.
Homossexualidade não é uma escolha, ser gay não significa querer ser mulher.
E vem com esse papinho quando teu filho levar o namorado em casa mon cheri.

Anônimo disse...

Uma coisa é a banalização da pedofilia, ato criminoso q afeta diretamente a vida de uma criança ou condenar o uso de drogas q afeta diretamente a violência outro é condenar o homossexualismo q nãoa feta diretamente ngm a nao ser aquels q praticam de livre e espontãnea vontade. A família vem se degradando concordo mas sempre foi assim pois vemos em filmes antigos o inferno q era um vida conjugal porém ngm podia falar nada pois não era permitido.
Tal comparação é colocar a discriminação racial de um negro com a de um usuário de drogas, é justo?

Diego disse...

Texto PERFEITO!

Se nada for feito, daqui a pouco todo mundo vai ser gay. (menos eu)
Se homossexualismo fosse normal, Deus tinha criado Adão e Ivo.

Anônimo disse...

Concordo com o texto. Pessoas de mente fraca são influenciadas por qualquer merda, tanto pra virar um otario boiola ou um zé ruela drogado, fora a putaria que agente ve todo dia em novela, big brother etc...

Danilo disse...

o tempo passa, a sociedade evolui, a cabeça das pessoas muda! no tempo de cristo eles cortavam as mãos de um ladrão, hj os direitos humanos protegem o ladrão e obrigam o governo a dar comida e roupa lavada (na cadeia) maaaais.... isso é inevitavel, quando seu filho estiver velho, vai saber como ele vai estar pensando e quais mudanças desse tipo ocorreram na sociedade! em relação as drogas, axo justo deixar claro que vai de pessoa para pessoa a responsabilidade de esperimentar um bagulhinho vamos dizer! sou usuario de maconha, nem porisso sou ladrão! axo estranho uma pessoa ser gay... mais nem porisso vou proibir meu filho de ser se ele quiser realmente ser... nao vivemos mais no tempo da santa inquizição!!! isso se chama evolução!!

Leandro disse...

''Homossexualidade não é uma escolha, ser gay não significa querer ser mulher.''

Por que será entao que 99% dos gays andam rebolando e usam roupas de mulheres, entao né?

As pessoas hoje acostumaram tanto com o mundo errado que acham que o erro é certo.

''nao vivemos mais no tempo da santa inquizição!!! isso se chama evolução!!''

Danilo:

não! isso não se chama evolução. Se chama banalizacão ou perversão. :P

parabéns pelo post cara.

:D

sosvip disse...

Acho estranhamente engraçado a pessoa que defende as práticas abordadas no post não querer se identificar e comentar como anônimo. Mas tudo bem...

Não compreendi o por que dos comentários sobre negros, uma vez que não há nada sobre isso na postagem. Aliás, acho que não há nada para comentar sobre isso agora, uma vez que de modo justo todos são iguais.

O que chamam de "evolução" aqui, eu chamo de regresso. Uma vez que para os que creêm em evolução, estamos cada vez mais próximos de agir como primatas.

Obrigado pelos comentários.

"Não concordo com uma só palavra que dizeis, mas defenderei até a morte o direito de dizê-las" - Blaise Pascal

Alex ( O não Anonimo IoI) disse...

Post clássico de um conservador de direita e cristão.

"Anteriormente quem adotava tal postura não recebia apoio, antes censura por parte de familiares e amigos. O que não ocorre hoje. Outro fator preponderante é o fato das famílias desfeitas"

"Atribuo a falta de casamentos a falta de caráter das pessoas"

"Então, não se admire se um dia seu filho (a) disser que é homossexual. Não se admire se um dia você for assaltado por um “amigo” (a) está precisando de uns trocados para o próximo baseado. Não se admire se for vítima de infidelidade conjugal. Foi VOCÊ que fez isso!"

Você julga, pré-julga, esteriotipa e agride, impõe sua visão de mundo como lei e condena aqueles que não a seguem, aparentemente não consegue entender que os indivíduos possuem direitos, e você gostando ou não a escolha de como alguem deve viver não é sua. Não importa como se olhe, suas afirmações de que Homossexuais desfazem familias e manipulam crianças, de que casais não casados não possuem caráter e são covardes e ainda que viciados são bandidos são preconceituosas a um nível doentio, sem duvida criminosas, você falou como um fundamentalista, fundamentalista como aqueles que lideraram o apartheid e o holocaust, suas idéias não se baseiam em fatos ou na razão, apenas ditam e discriminam. Realmente não adianta argumentar ou refutar as suas alegações, pois não se é possível dialogar com extremistas, é perca de tempo...

PS. Não sou homossexual, nunca usei drogas e não sou "ajuntado", apenas respeito que o é.

PSS. Como alguem com um pensamento tão dogmático quanto você coloca frases de Friedrich Nietzsche em seu blog? Chega a ser cômico XD

Celia disse...

Normalmente não comento e nem leio blogs
comecei a ler esse e cara... CONCORDO COM TUDO
nós já passamos da LIBERDADE faz tempo
vivemos agora a LIBERTINAGEM
ah, e antes de tudo...

"Post clássico de um conservador de direita e cristão."

Não sei o dono do blog, mas sou totalmente apolítico e completamente ateu

Anônimo disse...

Existem pessoas e pessoas...
umas que evoluem outras que querem que o mundo seja igual A.C. , a homossexualidade (homossexualismo é errado, pois ISMO é considerado doença) existe, SEMPRE existiu e vai continuar existindo, e no futuro provavelmente teremos o mesmo direito de qualquer heterossexual, voces querendo ou não, o mundo evolui, se para alguns isso é regresso, acho uma pena, pois pode acontecer com filhos de voces, ser gay não quer dizer que goste de usar saia,ser mulher,travesti,etc...ser gay é simplesmente gostar de uma pessoa do mesmo sexo, não afeta ninguem somente quem o pratica (como li em um comentario) qual o problema de querer ser feliz?! de ter os mesmos direitos de qualquer pessoa?! antes os negros tambem eram considerados pessoas indignas e porque isso não foi comentado?! demorou anos para que eles fossem aceitos na sociedade mas até hoje ainda existe preconceito...um dia quem sabe, cada pessoa cuide da sua propria vida.

Conrado disse...

"Como não há a presença de uma figura masculina na criação de filhos, aumenta-se e muito a probabilidade de crianças desenvolverem uma tendência ao homossexualismo."

Se informe, meu querido... Não existe nada que prove isso... A figura paterna, geralmente, só impede que o homossexual se revele...

Conrado disse...

"Sim, você que não faz nada para mudar essa situação. Você que apóia essas mudanças. Você que inverte os valores de moral da sociedade. Então, não se admire se um dia seu filho (a) disser que é homossexual. Não se admire se um dia você for assaltado por um “amigo” (a) está precisando de uns trocados para o próximo baseado. Não se admire se for vítima de infidelidade conjugal. Foi VOCÊ que fez isso! Então conforme-se ou então, se discorda, deixe seu comentário bobo e repulsivo me chamando de antiquado. Mas antes de deixar comentários depreciativos, não esqueça de comprar uma saia para seu filhinho e/ou pagar um investigador para tirar fotos do Ricardão. C’est la vie..."


Não existe modo de frear as transformações das sociedades...
Você usa a história como exemplo para seus argumentos... Aproveite e analise a história novamente e perceba que e prórpia existe apenas pelo fato de as sociedades humanas se transformarem... Não é minha "culpa", nem sua, individuamente, mas é "culpa" de todos nós, da nossa condição humana, do nosso dinamismo, do que nos faz caminhar...

Conheci o Blog hoje e gostei de quase tudo o que vi, mas ler esse post foi um exercício de paciência e tolerância da minha parte...

Anônimo disse...

ótimo texto!

Anônimo disse...

você fala da época de nossos avós como exemplo.
a época deles já era uma evolução em relação há anos anteriores, e com certeza alguns extremistas deviam achar absurdos os costumes e nem por isso a sociedade parou de evoluir.
o problema não está em quem muda, está em quem tenta freiar isso.
se cada um cuidasse da própria vida ao invés de julgar e incriminar os outros, não teríamos conflitos de nenhum gênero.
o que as pessoas fazem da sua vida não compete a mais ninguém a não ser elas mesmas!

Criador disse...

O mundo está caminhando para uma ditadura global invisível, é só olharmos ao redor, isto é muito nítido no Brasil, as pessoas mais simples acham que tudo é normal, vão com a boiada, o importante é a diversão, futebol, carnaval, funk, sexo, álcool, drogas,e sempre são manipuladas pela mídia, qualquer merda tá valendo. Os pseudo intelectuais acham que tudo é progresso e evolução, aí apóiam, aborto, homossexualismo, drogas, adultério, (qualquer merda tá valendo). Os poderes do mundo sabem muito bem explorar estes comportamentos egoístas da sociedade e manipulá-los, para isso é só explodir valores morais e destruir a entidade família o resto fica fácil. Não se surpreenda se olhar ao redor e perceber que todos estão cercados no mesmo curral.

Anônimo disse...

Voce conhece uma mulher gavida que apoia o movimento gls. Pergunte a ela, o que ela acha se seu filho nacer um gay.

Postar um comentário

Agora você é VIP. A palavra está com você agora. Aproveite e faça seu comentário!
PS.: Se for xingar, ofender ou usar palavras de baixo calão, não perca o seu tempo pois CERTAMENTE excluiremos seu comentário!
Sinta-se a vontade.

Related Posts with Thumbnails